segunda-feira, 18 de junho de 2012

Meia de Floripa - O tempo...



O tempo, ora bolas o tempo.... não, não é uma frustração por não ter feito PR, mas sim uma forma diferente de ver o resultado. Não, também não é prêmio de consolação.

A previsão para Floripa era de um final de semana frio e chuvoso. Na mala roupas de corrida para frio (calça comprida, camiseta 2ª pele, luva, gorro,..), mas por via das dúvidas também um short mais leve e uma camiseta de corrida de manga curta.

Na chegada em Floripa, uma manhã de sábado ensolarada, quente (acho que uns 30º C), e seca. Ótimo, ponto positivo para os passeios, e uma preocupação adicional para a corrida. Aproveitamos o dia para rever alguns lugares, e curtir o que Floripa tem de bom. Na parte gastronômica, almoço no Box 32 (Mercado Municipal), café da tarde no Café Cultura (Centrinho da Lagoa), pizza à noite na Don Biote (Balneário de Estreito) com os amigos da Equipe Gama. Além da passada nas Dunas, Praia de Jurerê, e Lagoa da Conceição.

Dormir cedo, e na dúvida (afinal calor, vento forte, promessa de frio e chuva) deixar 2 uniformes separados, um pra frio (e a  previsão inicial era de uns 12º C), e um de calor.

Café com os amigos às 6hs da manhã, no Hotel mesmo, e a primeira mudança nos planos: a roupa de frio que havia vestido precisou ser trocada por uma mais leve. Ótimo, também nada de chuva.

Caminhada até a largada (o Hotel Bruggeman fica a uns 500 mts), aquecimento rápido, e... aguardar a ordem de largada, e ai a grande decepção com a organização. Inicialmente a largada era prevista para as 7:30, mas o atraso foi superior a 15 minutos (oficialmente o helicóptero estava fazendo tomadas aéreas, mas no paralelo a informação era de que as ruas ainda estavam sendo fechadas para a corrida).

O plano inicial era fechar a corrida abaixo de 1:55, fazendo os 8km iniciais de forma mais confortável (ritmo de 5:30 por km), e o restante pelo menos 10 seg mais rápido. Nos primeiros 3 kms segui o plano, mantendo a média de 5:30 por km, mas ai apareceu uma bela subida, que já indicava que a volta não ia ser fácil (+/- no km 17 a subida seria um pouco pior). Ai uma consideração importante, toda a publicidade fala em um a corrida plana, o que não é verdade, esse Km 17 até parece uma Brigadeiro no meio de Floripa.

Bom, com essa subida e com previsão de outra um pouco mais longa na volta, fiz um ajuste nos planos, e procurei deixar uma sobra de tempo para, se necessário, caminhar um pouco na subida final. A estratégia, meio suicida, foi a que usei em alguns treinamentos, de forçar  no final de cada km para baixar um pouco a média de tempo, ou seja, fazer os 700 mts iniciais do km de forma mais confortável, e nos 300 mts finais mais forte. E o resultado até o km 15 foi bastante positivo, deixando folga para fazer os 4kms finais na casa de 6 minutos cada.

No km 16, já me preparando para a subida (e também por conta de uma pequena subida) dei uma relaxada no tempo, e entrei na subidona do 17 já meio trotando e ai uma bela surpresa... tenis desamarrado (ok, todo mundo fala, "dá 2 nós", mas esse tenis nunca tinha desamarrado, então quando  vesti não me preocupei muito com isso). Parar e amarrar o tenis não foi o grande problema (se muito foram 30 seg), o difícil foi, depois de 17 km em ritmo mais forte, abaixar, amarrar o tenis, e depois levantar.... Quem disse que a perna aceitou o comando de "hora de levantar e voltar a correr"? O resultado foi uma bela travada na coxa e na panturrilha, e caminhada inclusive na descida.

Hora de mudar a estratégia e partir para o "salve-se quem puder". O plano passou a ser:  chegar, e se possível abaixo de 2hs.

Dos 4 kms finais, 2 foram bem acima de 6 minutos, um em 6, e outro abaixo de 5:30. Resultado final, cruzei a linha de chegada caminhando, com 1:57 e mais alguma coisa. Na média um resultado razoável, e sem decepção por quase ter quebrado. Lições, ousar um pouco até teria valido à pena, mas não amarrar o tenis de forma eficiente é prejudicial à PR.



Medalha na mão, vamos aproveitar a linda Floripa. Caminhada nas Dunas (haja perna pra subir o areião depois de correr 21km), Sequência de Camarão na Lagoa, Torta de Chocolate com Morango no Café Cultura (Lagoa), passadinha rápida na fria Joaquina.

Ponto positivo para organização da prova, menos de 30 minutos depois de ter cruzado a linha de chegada, recebi no meu celular a informação do meu tempo líquido na prova, e a hidratação perfeita (mesmo considerando que era um dia frio). Pontos negativos: não deixar claro sobre a subida, e o atraso na largada.

Turbulência no voo de retorno pra casa, e voltar para a realidade e pra uma semana onde na planilha o Técnico Gabriel foi enfático: pegar leve (natação leve, musculação leve, spinning leve, corrida leve, e mais uma prova no domingo).

Dados da Corrida - Extraído do GARMIN
   Tempo de Prova          1h57 min 57 seg
   Pace Médio                 5:33 min/km
   Total de Kms               21,3km
   Elevação                      83 mts

Classificação
   Faixa Etária                  83º em 139 participantes  (59,7%)
   Por Sexo                      941º em 1.524 paticipantes (61,7%)
   Geral                            1.067º em 2.057 participantes (51,8%)



6 comentários:

  1. Valeu, Mário!!
    Sempre uma alegria encontrar com a turma de Santos.
    Abraço e bons treinos.
    Jorge Monteiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. JOrge, parabéns pelo resultado, e por mais esse PR.

      Excluir
  2. Olá, Mário.
    Descobri seu blog através do Jorge (acima). Também corri na Meia de Floripa, só que na distância de 10K. Foi a minha estreia. Sua passagem por Floripa foi super aproveitada, nota-se pelos pontos gastronômicos visitados. Parabéns pela prova. Ser sub2h na meia já é uma vitória. Vamos nos falando..
    Um abraço e boas corridas.
    Ah! Aparece lá no meu bloguinho.

    Helena
    http://correndodebemcomavida.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helena, foi um belo final de semana. Além de uma bela corrida, bem organizada e com um clima gostoso (não só metereológivo, mas também festivo), passear por Floripa é um grande prazer. Rever essa cidade que eu já não via há uns 10 anos foi uma grata surpresa. Vou passar a acompanhar teu blog, e com certeza nos encontraremos em alguma corrida. Abraço e obrigado pelo comentário

      Excluir
  3. Parabéns Mário !!!! Fez bonito na meia !!!

    Como você conseguiu a classificação geral e por faixa etária ? Também gostaria de ter estes dados mas não estou conseguindo ...

    Abs

    Fábio
    www.42afrente@blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fábio, fiz uma jogadinha, rsrsrs coloquei para pesquisar, tanto faixa etária, como sexo, como geral, sem marcar meu nome, fui até o final dda relação e vi a classificação do último colocado. É meio complicado, mas foi a única forma que achei a informação.

      Excluir

Postagens populares